BDSM SÃO PAULO BRASIL

BDSM

"A percepção da sociedade como um grupo homogêneo sugere o obscurecimento das diferenças existentes entre indivíduos ou entre grupos fechados. Tais grupos existem em conformidade com regras internas, muitas vezes rígidas, que incluem o participante através de alguma característica ou comportamento em comum. As características que formam esses núcleos sociais diversos não provêm de elementos estranhos ao comportamento social do grande grupo, mas de variações desses comportamentos, muitas vezes de maneira sutil.


A sexualidade é, singularmente, o traço que ao mesmo tempo transpassa os membros do grande grupo social e diferencia ou justifica a existência de grupos sociais menores. As inúmeras variações da sexualidade incitam a reunião em grupos, repetidamente omitidos da participação nos comportamentos considerados normais. A associação da dor à sexualidade é a manifestação individual mais restritiva ao convívio social integrado, uma vez que, para os não pertencentes ao grupo, tal associação parece improvável.


O projeto apresentado propõe a desmistificação das praticas sociais restritivas ao registrar internamente o cotidiano dos participantes, de forma documental, durante o período de quatro anos, de forma a demonstrar as sutilezas das diferenças O resultado apresenta as manifestações sexuais do grupo sado masoquista como uma realização da liberdade e da individualidade do grupo." - Gustavo Pozza

Tags

bdsm bondage sadomasoquism portrait fineart fotografiaautoral BlackAndWhite aleruaro